Criadora da Coopersinos, a universidade gaúcha ganha destaque em revista britânica

Promoção à boa saúde e bem-estar foram uma das quatro ações que levaram à Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos) a figurar no ranking University Impact 2019 (Impacto das Universidades), divulgado anualmente pela revista britânica Times Higher Education (THE). De 1,2 mil instituições que repassaram dados à editora da revista, cerca de 450, de 76 países, se destacaram.

Orientada por onze dos 17 objetivos de desenvolvimento estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), tais como acabar com a pobreza, proteger o planeta e promover a igualdade, a THE levou em conta na avaliação o impacto social das universidades nas suas comunidades.

No ano de 1993, a Unisinos criou a Coopersinos, uma cooperativa de plano de saúde na modalidade de autogestão, com a finalidade de prestar assistência médica aos professores, alunos, funcionários e seus dependentes. Desde então, a Coopersinos tornou-se um dos instrumentos através do qual a Universidade realiza ações de promoção à saúde, razão pela qual a cooperativa tem um papel relevante dentro deste laurel da Unisinos.

– Imagino que, sendo a Coopersinos um dos instrumentos através do qual a Universidade presta a promoção de saúde, e sendo este o destaque que levou ao seu reconhecimento, representa também, ainda que indiretamente, o excelente trabalho desenvolvido na prestação do benefício assistencial aos funcionários e dependentes da Unisinos, destacou o advogado Paulo Martins, representante do Escritório junto a Copersinos.