Na quinta-feira, 17 de dezembro, o advogado Cássio Vione, sócio do Escritório, participou da primeira sessão do projeto-piloto do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) Saúde Pública e Suplementar, realizado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul – TJRS. O encontro ocorreu de forma virtual.

Como Procurador da Unimed, Vione integrou a atividade de mediação de conflitos envolvendo plano de saúde. Segundo o TJRS, o projeto visa promover ações de prevenção ou desjudicialização de litígios. A proposta está vinculada aos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU e em atendimento ao plano de ação da Meta 9 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A Agenda 2030 consiste em um plano de ação global das Nações Unidas que reúne 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) e 169 metas para erradicar a pobreza e promover vida digna a todos.

A ideia é que a mediação de conflitos ofereça mais agilidade na resolução de entraves jurídicos ligados à área da saúde, facilitando o desfecho para o cidadão, poder público e empresas privadas. Também participaram desta primeira sessão a Mediadora Joice Raddatz, a Gerente de Relacionamento da Unimed, Ronísia Padilha e a Secretária Executiva do Comitê Estadual da Saúde do CNJ no RS, Ana Paula Limberger Moraes.