Na terça-feira, 10 de dezembro, o sócio Paulo Martins e o advogado associado Bernardo Franke Dahinten representaram o De Rose, Martins, Marques e Vione – Advogados Associados na entrega do 36º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo “Futuro Ameaçado – mortandade das abelhas”. A data escolhida para a entrega dos prêmios foi simbólica, em homenagem aos 71 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em Paris, em 10 de dezembro de 1948.

Promovida pelo Movimento de Justiça e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul (MJDH/RS),  a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Rio Grande do Sul (OAB/RS), com o apoio da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (Arfoc/RS) e da Arfoc/Brasil,  a premiação buscou fomentar a importância do Jornalismo na denúncia de violações aos Direitos Humanos. De acordo com o presidente do MJDH, Jair Krischke, a escolha da temática causou surpresa por trazer uma abordagem diferente sobre o direito à vida. “Nossa ideia é mostrar para quem reproduz um discurso furioso contra os Direitos Humanos que nós também defendemos as abelhas, porque elas garantem a vida na Terra.”, argumentou Krischke. “70% dos alimentos dependem das abelhas. Este tema é uma forma de dizer àqueles que nos criticam que nosso trabalho é importante e é possível”, completou.

Mesa de abertura contou com representantes de instituições da Imprensa e do Direito
Foto: Mariana Ribeiro

Para o presidente da OAB-RS e presidente da Comissão de Direitos Humanos Sobral Pinto da OAB-RS, Ricardo Breier, ao longo da história de transgressões por que o Brasil passou, se tornou indispensável acreditar na imprensa livre e reconhecer o trabalho dos jornalistas como ferramenta da cidadania. “É fundamental não desistir” afirmou ao destacar o apoio pessoal à causa.

O advogado Bernardo Franke Dahinten entregou a Menção Honrosa na categoria Acadêmico para o trabalho “Dossiê – Ditadura Nunca Mais”, dos alunos Adriano Bazzo, Aldrey Dornelles, Ana Carolina Pinheiro, Bruna Jordana, Camila Silva, Carla Franco, Gabriele Torbis, Giordana Cunha, Giulia Mello, Helena Ribeiro, Jeniffer Maciel, Jennyfer Siqueira, Julia Mello, João Vieira, Larissa Pessi, Leonardo Dutra, Luana Oliveira, Lúcia Haggstrom, Luísa Meimes, Mariana Dornelles, Mariana Paz, Marjorie Paula, Patrícia Vieira, Shalynski Zechlinski, Victória Marisquerena e Vitória Garcia, estudantes do 6º semestre de Jornalismo da UniRitter.

Dr. Bernardo entregou Menção Honrosa a alunos da Uniritter
Foto: Mariana Ribeiro

Também na categoria Acadêmico, o advogado Paulo Martins entregou o prêmio de segundo lugar para o trabalho “O despreparo dos nossos policiais é alarmante”, das alunas Manuela Neves Ribeiro e Carolina Dill, estudantes do 6º semestre de Jornalismo da Famecos/PUCRS. A cerimônia ocorreu no auditório da OAB/RS, localizado na rua Washington Luiz, 1110 – 2º andar, em Porto Alegre.

Dr. Paulo fez a entrega do segundo lugar para as alunas da Famecos
Foto: Mariana Ribeiro