As mulheres que desejarem se candidatar a cargos públicos, ainda este ano, já podem contar com um incentivo financeiro maior, no caso da disputa partidária. O apoio neste sentido foi obtido por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que ampliou as verbas do fundo partidário para candidaturas femininas.

De acordo com o programa “Grandes Julgamentos do STF”, da TV Justiça, que acompanhou o julgamento da matéria pelo Plenário do STF, as mulheres, antes, tinham um limite máximo de 15% do fundo partidário, oficialmente, mas o valor mínimo repassado pelas legendas às campanhas femininas era de 5%.

Com a decisão da Corte, esse fundo, que ajuda financeiramente os partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as mulheres passarão a ter direito a, pelo menos, 30%