Você tem um seguro e atrasou o pagamento do prêmio (a mensalidade, ou o valor que você paga para manter o seguro).

Aí o sinistro ocorreu, seu carro foi batido; sua casa pegou fogo; você precisou pagar o médico, por exemplo!

Você perdeu o direito?

Em termos. O Superior Tribunal de Justiça estabeleceu, por súmula, o que significa que constitui jurisprudência a ser aplicada a casos similares, que “a indenização securitária é devida quando ausente a comunicação prévia do segurado acerva do atraso no pagamento do prêmio”.

Traduzindo: você atrasou, mas a companhia não lhe avisou sobre o atraso, a indenização segue sendo devida e o direito da seguradora é descontar o valor em débito do que ela lhe deve indenizar. Se ela, por outro lado, fez o aviso, ou o contrato de seguro estará suspenso, ou estará rescindido e a indenização não será paga.

Se estiver numa situação dessas, procure um advogado de sua confiança. Ele lhe ajudará a resolver.